12308723_429725823893768_6179787334758344261_n.jpg

CLARISSA FERREIRA

Violinista, etnomusicóloga, pesquisadora e compositora do Rio Grande do Sul. Possui quatro singles lançados, e está produzindo seu primeiro álbum autoral que se chamará LaVaca. Está lançando seu primeiro livro “Gauchismo Líquido: reflexões contemporâneas sobre a cultura do Rio Grande do Sul” pela Editora Coragem.

É criadora do @GauchismoLíquido e da escola online @OficinadeCompositoras

 

Bacharela em violino (UFPEL), mestra (UFRGS) e doutora (UNIRIO) em Etnomusicologia, pós graduanda em Arteterapia.

 

Em 2018 criou com a poeta e antropóloga Marília Kosby a performance Poesia Xucra apresentada na FestPoa Literária e na FLIP em Paraty. Faz parte do grupo As Tubas atuando como musicista, tendo dirigido musicalmente o espetáculo e álbum ao vivo Corpo | Espaço em 2019, indicado como melhor álbum no Prêmio Açorianos. Neste ano foi uma das residentes do Projeto Concha/ Natura Musical. Também em 2019 atuou como diretora musical dos espetáculos Pago Revisitado, Unimúsica UFRGS ao lado do músico Texo Cabral e no projeto Sonora Brasil/ SESC nos show Líricas Sulinas juntamente com a pianista Ana Fridman. Em 2020 lançou pelo selo Pedra Redonda o single e videoclipe "Satélites" com participação de Kia Sajo, Paola Kirst e Tamiris Duarte (vencedor no Prêmio Profissionais da Música na categoria videoclipe) e o single e videoclipe “Mulheres da Guerra" sob sua produção ao lado de Lucas Ramos no Estúdio Mochila. Também no ano de 2020 lançou o minidocumentário “Satélites: tudo pode virar inspiração para os seres humanos” via Edital Emergencial à Cultura de Porto Alegre. Compôs trilha sonora exclusiva para o filme "30 povos" para Canal Curta!, para o espetáculo multi linguagens Limiar e para a série Enlace. Em 2021 na programação do Sonora Brasil SESC dirigiu o espetáculo Líricas Sulinas e apresentou o webinar Sonoridades Sulinas, apresentando uma visão feminista da música do Rio Grande do Sul.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

Doutorado em Música - 2018

• Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Rio De Janeiro, Brasil

Título: "Toca um jazz no galpão": a construção de identidades musicais e profissionais na cena musical independente do Rio Grande do Sul.

Ano de obtenção: 2018

Orientador: Pedro Aragão.

Bolsista CAPES. 

 

Mestrado em Música - 2014

• Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, Brasil

Título: Campeirismo Musical e os Festivais Nativistas do Rio Grande do Sul: a (pós) modernidade (des) construindo o “gaúcho de verdade”.

Ano de obtenção: 2014

Orientador: Reginaldo GilBraga.

Bolsista CAPES.

Pós Graduação em Arteterapia - 2020 (em andamento)

• Faculdade Censupeg

 

Graduação em Música Bacharelado em Violino

• Universidade Federal de Pelotas, UFPEL Pelotas, Brasil

Orientador: Mário de Souza Maia

 

Graduação em História Licenciatura - 2009 (incompleta)

• Universidade Federal de Pelotas, UFPEL Pelotas, Brasil

PRÊMIOS

Prêmio Profissionais da Música

• Melhor Videoclipe Sul com "Satélites"

 

 Indicações Prêmio Açorianos de Música

• Intrumentista Regional. 2012.

• Compositora e Espetáculo - As Tubas Corpo | Espaço. 2020

 

Menção Honrosa

• Simpósio Brasilero de Pós Graduandos. Rio de Janeiro, RJ, 2018

 

Melhor Instrumentista

• Festival Guyanuba da Canção. Sapucaia do Sul, RS. 2013

• Festival Coxilha Nativista. Sapucaia, RS. 2012

• Festival de Doma e Canto - 4º Tradição e Coragem. Pelotas, RS. 2011

• Festival Galponeira de Bagé . Bagé, RS. 2009

• Artista Revelação 21º Festival de Música Crioula de Santiago Santiago, RS. 2008

Encontro de Arte e Tradição Gaúcha ENART Santa Cruz do Sul, RS.

• 1º lugar ENART Categoria Violino, 2006.

• 3º lugar ENART - Categoria Violino, 2007